Como maximizar a sua conversão de cartão de crédito no CartX

Não há nem como negar, pagamentos por cartão de crédito são os queridinhos de quem tem uma loja virtual. Ter a compra aprovada na hora e o pagamento confirmado enquanto o cliente está no impulso de comprar é o ideal.

Não nos levem a mal, boleto também tem o seu valor e importância, mas não chega perto de uma venda por cartão. Principalmente por conta da cultura de “boletar” e não finalizar o pagamento.

Nós do CartX sabemos muito bem disso, e por esse motivo, temos várias funcionalidades na nossa plataforma que buscam aumentar a sua conversão por cartão. E nesse artigo, vamos lhe ensinar a tirar vantagem de cada uma delas. Confira logo abaixo:


O começo do funil: otimizando o pixel

Você pode ajustar o seu pixel para reconhecer compras feitas apenas no cartão de crédito. Isso faz com que o Facebook procure usuários com hábitos similares na hora de entregar os anúncios, ou seja, outras pessoas com tendências a comprar por cartão de crédito.

Para isso, acesse o painel do CartX, vá nas Configurações da Loja Online e desative a opção Disparar evento de “Purchase” para Boleto Bancário. Assim, todas as compras feitas no boleto serão ignoradas pelo pixel.


Mexa no tráfego: campanhas personalizadas

Caso você ainda queira manter o evento Purchase para compras no boleto, temos uma outra opção. Em todas as compras feitas por cartão de crédito o CartX dispara um evento de conversão personalizado chamado Purchase CC.

Você pode utilizar essa conversão personalizada no seu gerenciador de anúncios para criar uma campanha específica baseada nesse público. Recomendamos criar uma campanha de Público Semelhante (lookalike) de 1%. Isso garantirá os melhores resultados.

Se você quiser entender melhor sobre esses eventos personalizados, assista nosso vídeo completo sobre o assunto.


Final do funil: ajustes no checkout

É aqui que você deve finalizar sua oferta e atrair os clientes que ainda possam estar com alguma dúvida ou que precisem de um incentivo a mais. É aí que entra a maior estrela: o desconto exclusivo para cartão de crédito.

Oferecer 5 a 10% de desconto em pedidos por CC pode fazer toda a diferença na hora de consolidar uma venda. Todo cliente gosta de sentir que está levando vantagem durante uma compra. Se você não pode arcar com a redução da margem de lucro, aumente o preço base do produto no valor equivalente ao desconto.

Outra opção muito boa de customização no checkout é a de “Esconder opção de boleto bancário”. Ela faz com que a opção de boleto ainda esteja no checkout, só que de forma mais discreta. Isso evita o impulso inicial do cliente fechar o pedido por boleto, já que a atenção dela estará voltada para o campo de cartão de crédito.


Ideias complementares: o que mais pode ajudar?

Por exemplo, você pode inserir na descrição do seu produto ou em algum lugar do checkout que pedidos pagos no cartão de crédito são processados mais rapidamente, e, consequentemente, chegam mais rápido à casa do cliente.

Outra coisa que passa muito despercebida é o poder de mostrar o preço parcelado. Imagine que você está vendendo um produto de R$199, o impacto de ver o preço à vista no boleto é muito diferente do preço parcelado em 10x no cartão de crédito. Parcelas de baixo valor fazem o cliente acreditar que o produto é muito mais fácil de ser comprado e que definitivamente cabe no seu orçamento.

No CartX é possível ajustar a quantidade de parcelas que aparecem por padrão na loja e também no checkout, você pode configurar isso diretamente na página do seu gateway de pagamento no painel do CartX.


Use a plataforma completa do CartX para maior aprovação

Essa dica é especialmente para quem usa o MercadoPago como gateway de pagamento. Utilizar a plataforma completa do CartX ajuda a aumentar a taxa de aprovação dos pagamentos quando comparado a usar somente o checkout.

Isso porque nós utilizamos módulos de segurança do MercadoPago em todas as páginas da sua loja virtual, desde a home até o checkout, o que ajuda o sistema do MercadoPago a entender que é uma pessoa real fazendo a compra, já que ela vai passar por todas as etapas de uma compra normal. Isso não quer dizer que 100% dos pagamentos serão aprovados, mas ajuda consideravelmente.


Se você seguir essas dicas temos certeza que sua conversão por cartão de crédito aumentará. Até a próxima!

Upsell? Order Bump? Saiba TUDO sobre como aumentar o ticket médio da sua loja.

Com os custos cada vez mais altos do tráfego de anúncios é importante garantir que seus pedidos tenham o máximo de valor possível.

Mas, é claro, não adianta aumentar o preço dos seus produtos em 20-30% e achar que isso vai lhe salvar. Pelo contrário, só vai espantar seus clientes.

Existem jeitos melhores de ter o mesmo aumento de faturamento sem mexer em nada no preço dos seus produtos. Através do Order Bump e da Upsell.

Esse não é um assunto muito fácil de ser entendido de primeira, por isso trouxemos duas pessoas que entendem muito do assunto nessa semana: Lucas Castellani (criador do CartX) e o Sérgio, mais conhecido como Mago do Marketing.

Eles explicaram tudo que você precisa saber sobre essas duas funcionalidades e como elas vão lhe ajudar a melhorar seu ticket médio. Confira o vídeo abaixo:


Gostou? Então comece a usar o CartX agora mesmo. Clique aqui para se cadastrar em nossa plataforma.

Papo com Diogo Caixeta — Falando de conversão e checkout

Na última quinta-feira, dia 20/02, tivemos uma live com o Diogo Caixeta e o Lucas Castellani (criador do CartX).

Os dois conversaram sobre o que é o CartX, falaram das diferenças entre nossa ferramenta e outras disponíveis no mercado. Além de passarem umas dicas e insights muito valiosos para quem quer começar ou já começou nesse meio.

Aqui está o vídeo na íntegra para quem não pôde comparecer ao vivo:

Utilizando o Order Bump para aumentar seu ROI

E estamos de volta! Sei que faz um tempo desde nosso último post no blog do CartX, mas já vamos voltar com tudo, falando sobre conversão e como aumentar o faturamento, o assunto favorito de todo dono de loja.

Independentemente de você utilizar a nossa plataforma por completo ou apenas nosso checkout, você precisa conhecer uma funcionalidade essencial: o Order Bump.

Sem mais delongas, leia o nosso artigo completo clicando nesse link.

Como sempre, pedimos que você deixe sua sugestão de temas ou dúvidas em nossas redes sociais, quem sabe ela não aparece na semana que vem?

Otimização de anúncios no Facebook: Teste A/B

Tentativa e erro é o método de aprendizado mais comum entre todos os seres humanos. Testar, comparar e se adaptar faz parte do ciclo básico de aprendizagem de qualquer pessoa.

Isso não quer dizer que você precisa (ou que deve) queimar dinheiro para ter bons resultados com seus anúncios no Facebook. Não é necessário sair errando para ter uma boa campanha. Mas experimentar é essencial.

A melhor maneira de descobrir o que funciona perfeitamente para o seu produto ou serviço é utilizar testes A/B (também conhecidos como split test) para ver como seu público reage à determinados elementos do seu funil.


O que é um teste A/B?

Em poucas palavras, o teste A/B é uma das ferramentas mais importantes que qualquer dono de e-commerce pode querer usar. É uma técnica que consiste em colocar duas coisas diferentes para serem testadas no mesmo ambiente, para comparar e determinar qual tem o melhor desempenho.

Vamos à um exemplo prático: você está vendendo uma pulseira inteligente mas está em dúvida se é melhor usar um anúncio com um vídeo curto ou vídeo longo.

Para tirar essa dúvida é só fazer um split test e comparar como cada anúncio se saiu depois de pelo menos 3 dias rodando. Se o vídeo longo teve os melhores resultados (mais vendas, custo mais baixo, mais cliques), você já tem uma ideia que esse tipo de produto converte melhor com vídeos mais longos e já pode aplicar esse conhecimento no futuro sem precisar fazer novos testes.


“Mas então só preciso de um teste A/B por campanha?”

Não necessariamente. Varia bastante do seu tipo de oferta. Primeiro considere que o teste A/B não se limita apenas ao seu anúncio no Facebook ou no Instagram.

Você pode testar se alterar a cor do seu botão CTA tem algum impacto nas vendas, testar duas versões de landing page diferentes e por aí vai. O importante é não se conformar em ficar com uma oferta do mesmo jeito por muito tempo.

Nem sempre o ditado “Em time que está vencendo não se mexe” está certo. As coisas na internet andam rápido demais, seu anúncio pode ficar defasado e perder fôlego repentinamente, é sempre bom ter uma estratégia reserva.


O que vale a pena testar?

Recomendamos que você restrinja seus testes à esses aspectos da sua campanha:

Criativos: Aqui você muda seu texto, imagens, compara qual tipo de mídia é melhor (imagem ou vídeo), testa carrosséis contra imagens normais, seja lá o que for, variar os criativos é a chave para o sucesso.

Público-alvo: Você já deve ter uma noção de qual gênero estaria mais inclinado a comprar o produto em questão, mas e a faixa etária? Faça o teste com pessoas de 20-35 e 50-65+ para ver como o produto se sai nas vendas. Colocar a faixa de 18-65+ dificilmente vai lhe trazer bons resultados, é melhor limitar a faixa etária.

Posicionamento: Será que anunciar exclusivamente para mobile apresentaria bons resultados para a sua campanha? Pode ser que a maioria das suas vendas esteja vindo do desktop e você nem saiba disso. Talvez você tenha mais sucesso usando os stories do Instagram do que um anúncio no feed de notícias do Facebook. Só há um jeito de saber.


Dicas finais

Suas campanhas provavelmente tem muito espaço e potencial para crescer, comece a fazer testes e veja se algo poderia mudar. Mas não fique frustrado caso os resultados sejam negativos, isso faz parte.

Nesse caso o melhor a fazer é partir para o próximo produto ou começar a campanha do 0, com novas páginas, imagens, criativos, descrição do produto, etc.

Não se esqueça também de considerar o tempo do teste. É impossível tirar conclusões definitivas com apenas 24h de testes, você precisa de mais tempo para fazer uma média de resultados. Recomendamos pelo menos 3 dias, mas o ideal seria 7. Tudo vai depender do orçamento que você tem disponível.

E é claro, já que tocamos no assunto, o orçamento entre os dois anúncios ou campanhas precisa ser semelhante. Afinal, seria injusto você manter a sua campanha principal gastando R$600 por dia enquanto o seu teste gasta apenas R$50.


Espero que essas dicas lhe ajudem a aumentar o faturamento e a longevidade das suas campanhas! Até a próxima!

O Método de Entrega Especial Para Encomendas Em Menos de 30 Dias

Uma das perturbações mais frequentes para quem roda e-commerce com dropshipping é o tempo de entrega das encomendas.

Com tempos médios de 50 dias não é nada fácil manter o cliente calmo e sossegado de que o produto dele chegará. É muito comum receber pedidos de reembolso, ameaças e reclamações sobre a demora de entrega.

Atualmente é importante oferecer uma entrega rápida, segura e rastreável. Mas quais são as melhores e piores opções de fretes disponíveis hoje em dia?

Vamos responder essa pergunta usando como base nossa própria experiência com e-commerce.

Muitos não sabem, mas boa parte dos integrantes do cartX vendiam por dropshipping. Por isso nos sentimos confiantes em ajudar vocês a melhorar suas ofertas e suas lojas. Temos experiência nesse ramo.


O prazo médio dos fretes segundo nossa experiência:

Durante nosso tempo rodando dropshipping utilizamos 7 serviços/modalidades de frete diferentes, confira abaixo a média de tempo de entrega deles:

  • Singapore Post: 43,1 dias (utilizamos por pouco tempo, os dados podem ser imprecisos)
  • Post NL: 34,1 dias
  • Yunexpress: 23,8 dias
  • Swiss Post: 31,1 dias (utilizamos por pouco tempo, os dados podem ser imprecisos)
  • China Post: 51,3 dias
  • E-packet: 22,1 dias

Dentre esses, os que apresentam o maior tempo de entrega são o China Post e o Singapore post, justamente porque costumam ser grátis. Recomendamos que você fuja desse tipo de entrega se puder gastar um pouquinho a mais com o frete.

Normalmente a falta de problemas, entregas mais rápidas e satisfação maior dos seus clientes compensa a margem de lucro reduzida ou até mesmo o preço mais alto que você terá que colocar no seu produto.

Por outro lado, o Swiss Post, Yunexpress e E-packet são os mais rápidos, sendo o Yunexpress o novo favorito por conta da consistência de prazo de entrega, facilidade em rastrear o progresso da encomenda e melhor experiência de maneira geral.

Ache um fornecedor fixo, descubra se ele faz entregas pelo Yunexpress e veja a diferença que faz na sua operação ter uma entrega mais eficiente.

Se não for possível procure pelo E-packet direto pelo Aliexpress (ou outro site que você utilizar), você verá que o número de reclamações vai cair.

No final das contas, quem sai ganhando é você. Menos tempo respondendo tickets de clientes revoltados significa mais tempo para você e sua equipe se concentrarem em novos produtos, melhorias para o site e novos anúncios.


Esperamos que essas dicas sejam úteis para vocês! Até a próxima, pessoal!