Registro de domínio: guia completo para escolher o seu

Ter um site na Internet exige a escolha de um endereço virtual próprio e exclusivo. Neste artigo, você vai aprender tudo sobre registro de domínio para ter o seu primeiro site no ar.

Mesmo que você não saiba nada sobre Internet e websites, esse conteúdo foi preparado com linguagem fácil de entender até pelas pessoas mais leigas nesse assunto.

Vamos lá?

O que é registro de domínio?

Registro de domínio é simplesmente escolher um determinado nome para um site. Sim, é só isso mesmo. Domínio é o nome de um site, seguido da extensão que pode ser escolhido pelo usuário (. com/.com.br/.info/.gov.br/.edu.br e muitos outras possibilidades).

Lembrando que o domínio é um endereço único. Não é possível ter 2 sites para um mesmo domínio. No caso de um domínio ter o mesmo nome, porém com a extensão diferente (um ser somente .com e o outro ser .com.br), nesta situação os 2 sites são completamente diferentes.

Lembro que um registro de domínio não garante a posse de um determinado endereço web. Ele garante o direito de uso por um determinado tempo (1 ano, na maioria dos casos). Depois desse período, é preciso renovar o registro para continuar utilizando um determinado domínio.

CLIQUE E FAÇA PARTE DO MELHOR GRUPO DE E-COMMERCE DO BRASIL

Qual é a diferença entre domínio e hospedagem?

registro de domínio

Algumas pessoas têm dúvidas para explicar a diferença entre estes termos. Ambos são etapas importantes na criação de um site.

Domínio, como já explicado, é escolher um nome de um site e registrá-lo oficialmente como seu endereço online. Nenhuma outra pessoa no mundo pode escolher esse mesmo nome de domínio.

Agora, hospedagem é o espaço online que será destinado em servidores específicos para manter o seu site no ar e disponível para acesso.

Se você decidisse abrir uma loja física, você precisaria alugar um espaço em um imóvel comercial para expor seus produtos e atrair clientes para dentro da loja, não é mesmo?

Semelhantemente, no mundo virtual, você também precisa alugar um espaço para expor o seu site. Afinal, ele contém informações em formato de texto, imagem, áudio e vídeo, e tudo isso precisa ser armazenado em um servidor online. 

Para fazer isso, você precisa contratar empresas específicas que oferecem serviços de hospedagem de websites. Mais adiante você vai aprender como é simples registrar um domínio e contratar um plano de hospedagem. 

Por que o registro de domínio é importante?

por que o registro de domínio é importante

Em tempos de redes sociais avançadas que permitem ter presença online gratuitamente na Internet, será que registrar um domínio traz benefícios para a sua marca?

Até 2010, a única forma de uma empresa ser encontrada na Internet era por meio de um website. Hoje, a história é diferente. Há o Facebook, Instagram e o Youtube como ferramentas disponíveis. No entanto, o registro de domínio não perdeu a importância. Veja abaixo o porquê.

Exclusividade

Quando você tem um perfil em rede social, você está utilizando um site de terceiro para construir a sua audiência e atrair clientes. Tudo bem até aqui, mas quem tem o controle por trás de tudo isso? O dono da rede social, que pode de uma hora para outro banir, bloquear ou excluir perfis caso assim deseje.

Um exemplo disso é a venda de determinados produtos que são proibidos no Instagram e Facebook. Entre estes, encontra-se álcool, tabaco, estimulantes sexuais (nicho muito lucrativo), armas de fogo e munições, entre outros.

Além disso, o layout do seu perfil é semelhante a todos os outros, pois a estrutura básica de design é a mesma.

Portanto, se você quer ter algo para chamar de seu, é preciso registrar um domínio para ter total liberdade sobre as decisões do seu site. Ali você pode publicar o que bem entender sem restrições de regras. Você também insere o design que desejar, com cores específicas da sua marca. Em outras palavras, você está na sua casa própria e não em um imóvel alugado.

Profissionalismo

Imagine que você vende produtos na Internet e alguém pergunta qual é endereço do seu site. Se você diz “não tenho site, só uso as redes sociais”, mostra que você está em um nível amador de empreendedorismo.

Quem leva a sério o seu negócio online trabalha em um nível profissional mais elevado, e isso inclui um domínio próprio.

Proteção de marca

Não é possível ter 2 nomes para um mesmo perfil nas redes sociais. Contudo, se você tem um nome de perfil no seu Instagram, mas não tem um site registrado com esse nome, outra pessoa pode criar um domínio com o nome da sua empresa e colocá-lo online. Seu cliente pode pensar que aquele site é de sua propriedade e você não pode fazer nada a respeito disso.

Recursos

Com um site próprio, você consegue configurar vários recursos que não estão disponíveis em plataformas de terceiros. Um exemplo disso é uma área de membros. Outros exemplos são podcasts, fóruns online (estão em desuso atualmente, eu sei) ou seção de perguntas frequentes.

Posicionamento nos mecanismos de busca (SEO)

SEO significa Search Engine Optimization, que em tradução livre denota por Otimização em Mecanismos de Busca. Este tipo de tráfego é o mais qualificado que existe na Internet. Ele é gratuito e só está acessível para websites e canais do Youtube.

Se você quer ser encontrado quando um potencial cliente pesquisa algo na Internet, é necessário ter um site para aparecer na primeira página do Google.

Domínio .br vs Domínio .com: vantagens e desvantagens

Você deve ter percebido que existem diferentes tipos de extensões. As mais comuns terminam utilizando somente .com e outros .com.br

Você sabe a diferença entre os 2? Qual é o melhor de utilizar para quem mora aqui no Brasil? Vamos tirar essa dúvida agora.

Área de abrangência

registro de domínio abrangência

O primeiro item é você ter clareza do público-alvo que você quer atingir. Você quer atrair visitantes do Brasil ou de outros países também?

É claro que a Internet é global e qualquer pessoa do mundo está apta para acessar o seu site, mesmo que ele seja .com.br. Todavia, alguns usuários de outros países podem ter o acesso ao seu site negado, principalmente se não há tradução disponível para o idioma local.

Portanto, se a quantidade de acessos que você deseja é majoritariamente brasileira, escolha um domínio .com.br. Caso contrário, vá de .com somente.

Mecanismos de busca

registro de domínio mecanismo de busca

Conforme apresentado no tópico anterior, um dos objetivos de um site é ser encontrado nos termos de pesquisa. Quando um brasileiro residente no país busca por alguma informação, o algoritmo do Google tende a categorizar primeiro os domínios com extensão .com.br

Costume padrão dos usuários

Praticamente todos os brasileiros que utilizam a Internet já entendem por hábito que uma empresa sediada no Brasil tem como conveniência a utilização da extensão .com.br. É um costume intrínseco de pensar em uma marca e imaginar que o site dessa empresa seja escrito com o .br no final.

As exceções a esta regra são justamente as empresas internacionais, como Instagram, Facebook, Youtube, Google e LinkedIn.

Preço

Alguns afirmam que o registrar um domínio .com sai mais barato. Porém, isso não é verdade. Ambas as extensões possuem preço semelhante, que gira em torno de R$ 40 a 50 anuais.

INSTALE GRATUITAMENTE O CHECKOUT TRANSPARENTE CARTX

Guia completo para registrar um domínio

registro de domínio - guia completo

Agora você vai aprender a como registrar um domínio. Antigamente, criar um site envolvia uma tarefa pesada e cara. A realidade atual é muito diferente. Hoje, tudo isso custa pouco e é feito de forma rápida. Vamos aos passos.

Escolha um nome para o seu domínio

Qual será o nome do seu site? Pense em um nome legal, não tão extenso, e que seja fácil de lembrar. Você pode incluir letras, números, acentos, cedilha e hífen – o uso de letras é o mais popular, sendo o restante muito pouco utilizados.

Cuide com a repetição de letras em um domínio! Imagine um profissional liberal cujo nome é Jorge Encanador. Se você optar por escolher o nome do site de jorgeencanador.com.br, a junção do E de Jorge e do E de encanador pode confundir as pessoas ao digitar o endereço.

Verifique se o nome está disponível nas redes sociais

É bom você trabalhar com as redes sociais juntamente com o seu site. Assim, é importante que o nome seja o mesmo para ambos. Caso o nome de domínio esteja disponível, mas alguém já utiliza essa mesma nomenclatura nas redes sociais, desista dessa opção e escolha outro.

Registre o seu domínio e a hospedagem

Essa etapa pode ser feita de forma conjunta ou separada. Vou explicar as duas maneiras.

Todo domínio com registro nacional (.com.br) fica armazenado em um servidor específico, o registro.br. Então, para criar um novo domínio, apenas acesse esse site, preencha os seus dados pessoais e faça o pagamento. É tão simples e fácil de fazer que não vale a pena ilustrar aqui.

Depois desta etapa, você precisa contratar um plano de hospedagem separado. Isso não é fornecido pela registro.br.

Esta é a primeira maneira de registrar domínio.

A segunda forma é você fazer esse processo de forma conjunta. Ao contratar um plano de hospedagem, muitas empresas oferecem um domínio grátis durante um ano. Elas mesmas realizam todo o procedimento no registro.br

Abaixo segue uma lista de empresas que oferecerem hospedagem de websites. As 3 primeiras são as melhores opções do mercado: 

  • Hostgator
  • Uol Host
  • Locaweb
  • Hostinger
  • Go Daddy
  • Wix
  • King Host
  • Hostnet

Quando você escolher um plano que atende as suas necessidades, o processo está finalizado.

Normalmente, o custo anual de um site, contando domínio e hospedagem, gira em torno de R$ 300 ou R$ 25 mensais.

Construa o seu site

Depois que tudo isso for finalizado, você terá em mãos o seu domínio registrado e a sua hospedagem. Seu site já estará configurado para ser lançado. Agora você precisa escolher o layout e preenche-lo com conteúdo.

Muitas empresas de hospedagem oferecem um construtor arrasta/solta para criar seu site por meio de estruturas de blocos e seções. Você também tem a opção de utilizar o WordPress, que é mais específico para quem irá escrever textos. Ou, caso você queria montar um e-commerce, você precisará conectar seu site a uma plataforma dropshipping.

Conclusão

Este artigo mostrou a você todo o processo de registro de domínio e como colocar seu primeiro site no ar, pronto para atrair milhares de visitantes para seu negócio. Espero que você tenha entendido todos os passos.

Você aprendeu também como todo esse processo é simples de implementar e possui um baixo custo de manutenção.

Se você desejar, compartilhe esse conteúdo com alguém que pode ser beneficiado com este conhecimento incrível.

Convido você a continuar aprendendo em nosso blog. O post Como encontrar fornecedores para loja virtual é bem interessante.

Um grande abraço e tudo de bom!

Lucas Machado

Quer aprender e-commerce?

Cadastre-se na newsletter do CartX para receber mais conteúdos premium.

Nós respeitamos a sua privacidade.

Share

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Deixe um comentário

Outros artigos

Quais são os melhores sites para vender produtos na Internet?

Quais são os melhores sites para vender produtos na Internet?

Deixe-me adivinhar: você deseja começar a empreender pela Internet e quer saber os melhores sites

Read More
Live Chat: 5 motivos para usar a ferramenta no e-commerce

Live Chat: 5 motivos para usar a ferramenta no e-commerce

Em um mundo dinâmico que oferece inúmeras possibilidades de troca de mensagens rápidas e instantâneas,

Read More
Landing Page: Tudo o que você precisa saber para converter mais

Landing Page: Tudo o que você precisa saber para converter mais

A landing page pode ser uma ferramenta poderosa para a sua estratégia de vendas e

Read More