Otimização de anúncios no Facebook: Teste A/B

Tentativa e erro é o método de aprendizado mais comum entre todos os seres humanos. Testar, comparar e se adaptar faz parte do ciclo básico de aprendizagem de qualquer pessoa.

Isso não quer dizer que você precisa (ou que deve) queimar dinheiro para ter bons resultados com seus anúncios no Facebook. Não é necessário sair errando para ter uma boa campanha. Mas experimentar é essencial.

A melhor maneira de descobrir o que funciona perfeitamente para o seu produto ou serviço é utilizar testes A/B (também conhecidos como split test) para ver como seu público reage à determinados elementos do seu funil.


O que é um teste A/B?

Em poucas palavras, o teste A/B é uma das ferramentas mais importantes que qualquer dono de e-commerce pode querer usar. É uma técnica que consiste em colocar duas coisas diferentes para serem testadas no mesmo ambiente, para comparar e determinar qual tem o melhor desempenho.

Vamos à um exemplo prático: você está vendendo uma pulseira inteligente mas está em dúvida se é melhor usar um anúncio com um vídeo curto ou vídeo longo.

Para tirar essa dúvida é só fazer um split test e comparar como cada anúncio se saiu depois de pelo menos 3 dias rodando. Se o vídeo longo teve os melhores resultados (mais vendas, custo mais baixo, mais cliques), você já tem uma ideia que esse tipo de produto converte melhor com vídeos mais longos e já pode aplicar esse conhecimento no futuro sem precisar fazer novos testes.


“Mas então só preciso de um teste A/B por campanha?”

Não necessariamente. Varia bastante do seu tipo de oferta. Primeiro considere que o teste A/B não se limita apenas ao seu anúncio no Facebook ou no Instagram.

Você pode testar se alterar a cor do seu botão CTA tem algum impacto nas vendas, testar duas versões de landing page diferentes e por aí vai. O importante é não se conformar em ficar com uma oferta do mesmo jeito por muito tempo.

Nem sempre o ditado “Em time que está vencendo não se mexe” está certo. As coisas na internet andam rápido demais, seu anúncio pode ficar defasado e perder fôlego repentinamente, é sempre bom ter uma estratégia reserva.


O que vale a pena testar?

Recomendamos que você restrinja seus testes à esses aspectos da sua campanha:

Criativos: Aqui você muda seu texto, imagens, compara qual tipo de mídia é melhor (imagem ou vídeo), testa carrosséis contra imagens normais, seja lá o que for, variar os criativos é a chave para o sucesso.

Público-alvo: Você já deve ter uma noção de qual gênero estaria mais inclinado a comprar o produto em questão, mas e a faixa etária? Faça o teste com pessoas de 20-35 e 50-65+ para ver como o produto se sai nas vendas. Colocar a faixa de 18-65+ dificilmente vai lhe trazer bons resultados, é melhor limitar a faixa etária.

Posicionamento: Será que anunciar exclusivamente para mobile apresentaria bons resultados para a sua campanha? Pode ser que a maioria das suas vendas esteja vindo do desktop e você nem saiba disso. Talvez você tenha mais sucesso usando os stories do Instagram do que um anúncio no feed de notícias do Facebook. Só há um jeito de saber.


Dicas finais

Suas campanhas provavelmente tem muito espaço e potencial para crescer, comece a fazer testes e veja se algo poderia mudar. Mas não fique frustrado caso os resultados sejam negativos, isso faz parte.

Nesse caso o melhor a fazer é partir para o próximo produto ou começar a campanha do 0, com novas páginas, imagens, criativos, descrição do produto, etc.

Não se esqueça também de considerar o tempo do teste. É impossível tirar conclusões definitivas com apenas 24h de testes, você precisa de mais tempo para fazer uma média de resultados. Recomendamos pelo menos 3 dias, mas o ideal seria 7. Tudo vai depender do orçamento que você tem disponível.

E é claro, já que tocamos no assunto, o orçamento entre os dois anúncios ou campanhas precisa ser semelhante. Afinal, seria injusto você manter a sua campanha principal gastando R$600 por dia enquanto o seu teste gasta apenas R$50.


Espero que essas dicas lhe ajudem a aumentar o faturamento e a longevidade das suas campanhas! Até a próxima!

Share

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Related posts

Transforme emoção em conversão – os 8 desejos humanos

Se você quer aumentar as suas conversões e a qualidade da sua copy, é essencial despertar alguma resposta emocional...

Otimização de anúncios no Facebook: Teste A/B

Tentativa e erro é o método de aprendizado mais comum entre todos os seres humanos. Testar, comparar e se...

Papo com Diogo Caixeta — Falando de conversão e checkout

Na última quinta-feira, dia 20/02, tivemos uma live com o Diogo Caixeta e o Lucas Castellani (criador do CartX). Os dois conversaram...